top of page

Guia Completo de SEO para seu site. Entenda como funciona esse aliado da sua empresa.

Atualizado: 7 de set. de 2020


Um dos maiores aliados do marketing digital, o SEO, que significa, Search Engine Optimization, ou no bom português é a otimização para os mecanismos de busca, fazendo com que esses motores de busca deem preferência para o conteúdo do seu site, e colocando ele no topo dos resultados das pesquisas.


O SEO é o aglomerado de técnicas que buscam otimizar a visibilidade de um site em mecanismos de busca, como por exemplo no maior site de pesquisas do mundo o Google. Uma boa estratégia de SEO irá fazer com que seu trafego aumente organicamente, trazendo mais autoridade. Ao gerar mais trafego gera mais vendas, consequentemente.

Não basta apenas publicar o seu site, o layout pode ser lindo, mas tem algumas ferramentas e estratégias que não podem ser deixadas para trás, a SEO é uma das principais, mas temos outras tão importantes quanto, como por exemplo, a produção de conteúdo, que o SEO entra no meio, mas tem outras decisões de programação como o site ser responsivo para acesso em computadores e dispositivos móveis, tudo isso vai gerando uma pontuação em que melhora sua posição nos mecanismos de busca. Mas nesse guia vamos detalhar como funciona o SEO.

Os Mecanismos de Busca

Os mecanismos de busca são geralmente as principais origens do trafego da maioria dos sites. Os clientes geralmente acessam um site quando estão pesquisando coisas relacionadas ao seu mercado.

Então o seu cliente está navegando pela internet, pesquisando o seu produto ou seu serviço, somente esperando ser conquistado pela melhor proposta, pela melhor estratégia para atrair eles. E que vai fazer essa conversão você, ou o seu concorrente? Tem que ser você. Nesse guia você vai encontrar alguns passos de como conquistar o seu cliente.

Quando vai fazer a estratégia de SEO tem que pensar em dois “clientes” o primeiro é o seu cliente de verdade a pessoa de carne e osso que vai ler o seu artigo, que vai entrar no seu site, que vai comprar o seu produto, e o segundo cliente é o famoso algoritmo dos mecanismos de busca. É preciso encontrar um equilíbrio entre o perfeito para o Google e para o consumidor. Não pode pensar apenas em fazer a otimização do SEO pensando apenas no mecanismo de busca, pois ele está analisando também se você está pensando no usuário.

Os Rankings da Web


Todos querem estar no primeiro lugar no ranking do Google. Afinal eles são formas de avaliar a relevância de um blog ou de um site. Os mecanismos de busca fazem o cruzamento de dados e utilizam esses alguns critérios de métricas para ranquear um portal, para o usuário ter uma melhor experiência na plataforma de pesquisa.

PageRank


Métrica utilizada pelo Google para a análise de importância de um site tem para a própria plataforma como para os usuários e a internet de modo em geral. O Google avalia cada página, para mensurar a importância do site de acordo com a quantidade de links de outros sites direcionados para ele Quanto mais links de endereços confiáveis o site tiver direcionado para si, melhor será a posição no ranking.

Trust Rank

É um jeito do motor de busca entender a legitimidade de seu site, se você já for uma marca conhecida, tem a plataforma elevar seu nível de ranqueamento, pois a plataforma confia em você.

Mas é sempre importante frisar e vou fazer isso ao logo de todo o texto, são diversas ação integradas e otimizadas que farão com que seu site tenha um melhor ranqueamento. Ação espaças e sem integração servirá apenas para gastar tempo, e dinheiro. Já integrando todas as ações e seguindo todas as etapas da estratégia o investimento de tempo e dinheiro será recompensada.

SEO e Conversões, dois aliados.

Um estratégia eficaz de SEO é para gerar conversões, quase 2/4 das vendas online vem através de mecanismos de busca, enquanto os links patrocinados tem uma parcela bem menor, representado apenas 15% das vendas.

Quando os usuários vão para um mecanismo de busca atrás de um produto ou de um serviço ele já está mais aberto a comprar. Então eu volto o que disse lá na introdução, você vai deixar que seu concorrente chegue primeiro?

Por isso temos que deixar o nosso consumidor sempre em contato com nossa empresa, isso porque ele vai confiar, já vai ter uma proximidade e quando ele for procurar o serviço para bater o martelo seu empresa já estará na cabeça dele e no topo do ranking.

Como SEO vai trazer benefícios para sua empresa?


É um processo lógico, está até mesmo em nossos ditados populares, só é lembrado quem é visto. Então quanto maior o público em contato com o seu conteúdo maior a possibilidade de conversão e vendas. Mas entenda aqui de forma clara como investir em uma estratégia de marketing digital adequada pode ser benéfica para sua empresa.


Aumento de tráfego


Quando o seu site, é um ambiente online agradável, responsivo e que tem conteúdos interessantes e relevantes o público estará em um ambiente online que se torna familiar e acolhedor e os mecanismos de busca, como o Google, te indicarão cada vez mais para os consumidores. E quando essa designação pela plataforma para sua empresa acontece atrai mais pessoas para acessar o seu conteúdo. O que automaticamente nos transfere para o próximo item.


Gerar mais Leads


Como dissemos acima uma considerável parcela de visitantes de sua página vem através de mecanismos de busca, como o Google. Isso quer dizer que uma posição bem destacada vai atrair para o seu ambiente online mais clientes em potencial.


Vendas


É consequência de todo o processo que sua empresa trilhou, ao gerar mais leads, provenientes do aumento de tráfego as vendas acontecerão. As vendas nada mais são do que a consequência de todas as estratégias adotadas para conquistar o seu cliente.


Fortalecimento de marca


Com a execução de uma boa estratégia de marketing digital sua empresa terá um fortalecimento de marca, o famoso branding. Com o aumento do consumo do seu conteúdo os mecanismos de busca começa a observar sua relevância e cada vez mais rumar ao topo do ranking. Por isso, a extrema importância da integração da estratégia SEO com as estratégias de mídias sociais e até mesmo dentro do marketing tradicional. Por que não?


Decisão de compra.


Os brasileiros sentem mais confiança em sites que tem resultados nas pesquisas orgânicas, desconfiando mais dos links patrocinados. Isso mostra como a autoridade ajuda a converter.


Mas vamos lá e o Google?

O Google é o maior site de pesquisa do mundo, com mais de 5 bilhões de buscas por dia. É e dona também do Youtube, a segunda maior plataforma de pesquisa do mundo e a maior plataforma de vídeo de todo o planeta.

O Google oferece diversas ferramentas para a otimização da relação da empresa com o cliente, são possibilidades que vão desde uma lista com estabelecimentos da região até os resultados das buscas patrocinadas ou não. Para isso, o Google utiliza softwares que são responsáveis por rastrear, encontrar páginas e identificar seu conteúdo, criando, portanto, registros de forma organizada, como a lista que aparece quando é realizada uma pesquisa. Mas não é tão simples assim, o algoritmo é fator fundamental no quesito pesquisa. Veja agora como sua empresa pode dominar esses algoritmos e despontar nas buscas do Google.

Algoritmos


Ao fazer uma pesquisa no Google, os algoritmos já começam a examinar diversos fatores, refinando a pesquisa até encontrar o melhor resultado para exibir ao usuário. São analisados quesitos, como: a qualidade do site, o tempo de existência, a procedência, a quantidade de palavras-chave pesquisadas no texto, a presença de sinônimos etc.

A plataforma segue um conjunto de diretrizes, na qual, são considerados três tópicos: urgência, relevância e autoridade. No caso de sites com conteúdos noticiosos, por exemplo, novos fatos podem ser acrescentados ao índice principal, dentro de segundos após a publicação no veículo original.

Os algoritmos avaliam tudo que está na sua rede, até mesmo a localização das tags dentro do texto, como no título ou na URL, por exemplo. Por isso a grande importância na utilização de técnicas de SEO.


As atualizações em prol do usuário


Entender os algoritmos do Google é um trabalho infinito, eles são atualizados todos os anos centenas de vezes, são pequenas atualizações e gigantescas atualizações, que modificam toda a estrutura da plataforma e de como a experiência do usuário pode ficar cada vez melhor.

Ao passar do tempo a estrutura foi mudando, antes anúncios apelativos e repetitivos eram aceitos, foi então que a plataforma começo a coibir esse tipo de anuncio que usa de artimanhas como tags excessivas, manipulando os resultados. Essa atualização ficou conhecida como Flórida.

O usuário é sempre a principal preocupação da plataforma e como sua experiência no site irá ser proveitosa. Afinal o Google é um vendedor de diversas lojas, e ele colocou em pratica o plano Panda. Essa atualização penalizou os conteúdos de baixa qualidade, e sites que usam de artimanhas para ranquear melhor, como por exemplo a duplicação de conteúdo e sites muito poluídos.

As atualizações não param todos os anos temos grandes atualizações que mudam toda estrutura e impacta diretamente na rede. Otimização de sites para celulares, afinal o Google que que o site que ele indicará para o usuário caiba bem em seu smartphone, aparelho de maior usabilidade.

Assista a esse vídeo compartilhado pelo próprio Google

Fatores de Ranqueamento: Os Requisitos Para Chegar Ao Topo do Google

SEO On Page


Nada mais é que a reunião das práticas de otimização de sites realizada no seu próprio site. O conteúdo que você publica no seu site está sendo analisado pelo SEO On-Page, assim como o design do seu portal, ele é responsivo com os mobiles? A usabilidade, o tempo de que demora para entrar em seu site, tudo isso vai entrar na conta.

A qualidade do conteúdo


Isso interfere e muito. O conteúdo é a chave para o sucesso no universo online. O Google está sempre de olho nos conteúdo que estão online. Existem diversos aspectos que fazem com que o seu conteúdo seja visto com bons olhos pelo Google. Um conteúdo interessante para a plataforma tem que resolver um problema do usuário, por isso tantas dicas gratuitas e ensinamentos. Ele também tem que ser relevante para aquela pesquisa realizada pelo usuário. Como toda redação precisa ter um ritmo e usar uma linguagem adequada, lembrando sempre que cada público tem uma maneira de abordar.

Trazer links de referência é sempre importante, até mesmo pensando no PageRank, já mencionado lá em cima. E uma das coisas mais importantes, seja para internet, seja para qualquer lugar o uso correto de nossa gramática, não tem ‘vc’ não tem erros de português, tudo isso deve ser bem analisado e corrigido, afinal de contas é o nome da sua empresa.

O conteúdo tem que ter um tamanho adequado ao assunto, não adianta ficar enchendo linguiça, é preciso resolver o problema, é preciso ensinar e entreter. Não pode ser muito para não ficar muito cansativo, mas também não pode ser curto demais que nem o Google consiga enxergar ao seu conteúdo. Acredita que menos que 300 palavras o indexador do buscador não localiza esse texto no blog.

O título é uma parte fundamental para qualquer que seja o tema e qualquer que seja a modalidade, o título é a primeira coisa que o leitor vai ler, a partir disse ele irá decidir se lê ou não. Um título então tem que ser atrativo, e de fácil compreensão, mas essa construção nunca pode deixar de contemplar as palavras chave escolhidas.

O título é o lugar onde você convence o leitor do seu blog ou da sua rede social que ele tem benefícios se ele clicar nesse link e que no caso do conteúdo pode ser uma resolução de um problema ou um novo conhecimento.

O título interno é aquele que busca trazer o leitor que já está no seu blog continuar a consumir o conteúdo pela sua empresa oferecido. Agora temos também o título de SEO que nesse caso é antes do consumidor entrar em seu ambiente online. É o título que aparece nos resultados dos mecanismos de busca, nesse caso temos uma outra necessidade que esse leitor que está a procura deste conteúdo entre no seu site. O título SEO tem que ser objetivo, atrativo e lógico sempre com palavras chave importantes. Eles não podem ter mais de 60 caracteres e quanto mais a palavra chave estiver a esquerda melhor.


Heading Tags


Estão presentes na estrutura do texto a ser compartilhado com o usuário, separando o artigo em partes, como o título principal, onde no texto será a introdução e no desenvolvimento os subtítulos.

Isso ajuda o leitor a manter a leitura de uma maneira mais focada, e o texto fica mais organizado, consequentemente o design fica melhor e o Google a reconhece esses benefícios para o usuário.

Como usar as tags no texto

No marketing digital não é novidade que o uso das tags são importantes para o ranqueamento das pesquisas, mas os mecanismos de busca estão de olho nessas práticas, ele indexa bons conteúdos e os conteúdos que tentam burlar o uso das palavras-chave fazendo usos indevidos e escondendo palavras são penalizados pela plataforma.

Mas as tags principais do assunto tem que estar presentes em todas as etapas do texto, no título, nos subtítulos e clara no texto, e de forma orgânica, não deve forçar o uso da palavra, mas deixar que ela apareça naturalmente.

URL


É importante que a URL do conteúdo apresentado também seja limpa, não aquela cheia de códigos, que mais parece que uma criança não alfabetizada digitou. A URL clara ajuda os mecanismos de busca a filtrar a suas palavras chave.

Tempo de permanência na página

Os famosos algoritmos, uma das métricas usadas pelos algoritmos é o tempo que o usuário permanece em uma página. A partir de então os robôs da plataforma irão analisar a performance do seu site perante ao usuário.

Por exemplo, se uma página tem um elevado número de acessos no seu site, mas esses usuários não permanecem lá por muito tempo, é um indicativo que tem algo de errado acontecendo com o seu site.

As causas podem ser diversas, o conteúdo pode não agradar o consumidor, ou pode ser que o carregamento da página esteja lento ou até mesmo um layout do site ruim. Uma coisa que pode influenciar também é um design de site que não seja responsivo com as tecnologias mobile. Haja vista que a maioria dos acessos são por smartphones hoje em dia.

Integração site e redes sociais


Se o cliente gostou do que leu ele pode compartilhar com outras pessoas, pode passar para frente a informação e o seu conteúdo. Sempre em seu blog tenha os botões para compartilhar esse conteúdo com as redes sociais. Isso ajudará muito de forma orgânica e alavancar o seu negócio.

Google e Imagens


Os robôs da plataforma são incapazes de ler o SEO de uma imagem, mas essa imagem é recheada de dados editáveis, como por exemplo o título da imagem. Nesse título deve sempre conter a palavra-chave. Ao Google observar que sua imagem tem um título integrado com as tags do texto ele entenderá que sua imagem é importante para o tema.

O que é importante também é o uso de um texto, logo após a imagem descrevendo ela, uma descrição detalhada vai dizer aos mecanismos de busca como é aquela imagem auxiliando nos resultados da pesquisa.

Tamanho de imagens

Evite o usar imagens muito pesadas. Se lembra que um site que demora para carregar as pessoas tendem a sair? Pois é, e para pessoas que tem conexão lenta o problema não vai ser nem a falta de vontade de esperar, vai ser que a imagem tem possibilidade de não abrir.

Tipos de Busca


O Maior buscador da internet é usado para várias funções diferente, dependendo da necessidade do usuário.

Existe um tipo de busca que é mais direcional, nela o usuário já tem um endereço certo para ir, já sabe em qual site ele vai entrar, mas ele pode não lembrar qual é a URL ou até mesmo pode ser um caminho para ele acessar o site sem digitar muito.

Outro função usada pelos usuários é a de pesquisa ou busca de informações. Esse na verdade é a principal característica das pesquisas do Google, ou seja o cliente ainda não sabe em qual lugar ele vai entrar, qual produto que ele vai ver. Ele precisa ser atraído para o seu site.

Outro caminho que pode levar clientes ao seu site é o que é chamado de pesquisa transacional, nela o usuário busca conteúdos para fazer uma transação online, uma compra online, baixar um software ou mesmo pagar um boleto.

O Google vai buscar essas informações para oferecer uma melhor experiência para o usuário.

Boa governança.


Acredito que todos que lerem esse conteúdo deve ser contra a corrupção, se não for contra, é porque é corrupto. Mas o corrupção não é apenas dinheiro, é vantagem indevida, é burlar o sistema de maneira com que se beneficie.

E nos mecanismos de busca não é diferente, muitos tentam utilizar de táticas irregulares para ter vantagem, mas o Google tem mecanismos para identificar e bloquear essas tentativas. No começo, como todo esquema ilegal funciona, mas logo é percebido e desmantelado. Por isso a boa governança na gestão online de sua empresa é importante.

Para chegar ao todo do Google é preciso jogar limpo, é preciso que colocar em prática o manual de sucesso em SEO e Marketing Digital. Para que isso aconteça então é preciso que o site tenha um conteúdo relevante, nos PageRank os links não podem ser comprados, e sempre seguir as diretrizes e políticas do Google.

Vamos lá, agora é mão na massa e aplicar as técnicas aqui apresentadas, acesse aqui os links com outros conteúdos relevantes para o marketing digital de sua empresa.


E veja como sua empresa pode trilhar ao topo dos mecanismos de busca e das redes sociais e consequentemente vendendo mais.

22 visualizações0 comentário

Comments


Logo da 711 Produções, empresa de market
bottom of page